top of page
  • Foto do escritorInside Arquitetura&Design

AS LUMINÁRIAS IDEAIS


 

Escolher a luminária ideal passa muito pelo planejamento de iluminação que você quer dar para sua casa. Através desse projeto, é possível deixar os ambientes mais confortáveis e valorizar os pontos positivos de cada pedacinho de seu lar. Para isso existe uma luminária ideal.


É preciso dizer que sempre prevalecerá no final o gosto de cada um, mas não deixar de estar sempre atento às escolhas para não comprometer o projeto em si. Então vamos te ajudar a escolher as luminárias certas para a sua casa e que transmita corretamente as sensações de conforto e clareza que deseja estabelecer nos ambientes.


Fonte: Acervo Inside



Luminárias Embutidas


Esse tipo de luminária é o ideal para deixar sua casa mais clean, moderna e minimalista. São muito boas para dar destaque em itens decorativos ou algum ponto específico do cômodo. Geralmente são inseridas no forro, o que as tornam mais discretas. Super funcionais, seu destaque mesmo é a intensidade da luz que emite.


Banheiros, salas de estar e quartos podem se beneficiar desse tipo de luminária, ficando ainda mais elegantes e aconchegantes.


Fonte: Acervo Inside



Lustres


Sem muito segredo, o lustre é o item mais chamativo dessa lista. Característica essa que você pode usar ao seu favor ao dar destaque a um ambiente específico de sua casa. Os lustres costumam roubar a cena por serem maiores e mais impactantes visualmente, porém, deve tomar cuidado para não pesar na decoração. Sempre opte por colocar o lustre em um local com cores mais sóbrias e sem muitos adereços decorativos, com isso, vai proporcionar mais harmonia ao ambiente selecionado.


Outro aspecto importante é que ao usar um lustre você acabará sacrificando a capacidade dele de iluminar, portanto sempre o complemente com luminárias embutidas, já que são discretas, para garantir a iluminação necessária que o ambiente pede.

Fonte: Acervo Inside



Pendentes


Essas possuem também uma característica singular que é ser colocada acima de móveis, criando um foco de luz.


Esse tipo de luminárias funciona bem na sala de estar, em cima de vasos decorativos ou mesmo no seu quarto, logo acima a mesa de cabeceira, criando o famoso cantinho de leitura. Essas luminárias deixam o ambiente confortável e intimista.

Fonte: Acervo Inside



Arandelas


Agora se preferir uma iluminação mais indireta, diferente dos pendentes, as arandelas são a solução para você. Elas são presas nas paredes e emitem uma luz difusa e discreta, perfeita para deixar um clima charmoso e aconchegante. Existem vários materiais para arandelas e cada uma influência na luz que ela emite.


É bom instalá-las nos quartos ou em salas, ambientes que costumam pedir uma iluminação mais aconchegante.

Fonte: Acervo Inside



Abajur


O abajur é um dos tipos de luminárias mais famoso, muito usado em escrivaninhas e cabeceiras. Essa luminária é caracterizada por ter uma proteção que “corta” a luz direta da lâmpada. Assim, o objeto realiza uma iluminação mais difusa.


O abajur é recomendado para ambientes íntimos e de descanso. Portanto, jamais usadas na cozinha ou áreas externas.

Fonte: Pinterest



Luminária de Foco Dirigível


Esse é um tipo mais recente de luminária que tem no mercado, ela é caracterizada por ser flexível e customizável no seu foco de luz. Esse modelo oferece a capacidade de direcionar a luz para auxiliar na leitura e na realização de tarefas mais precisas, por isso é usada em escrivaninhas e mesas de trabalho.

Fonte: Acervo Inside



Luminária de Piso


As luminárias de piso cumprem duas funções na decoração. Além de emitir diferentes tipos de luz, elas contribuem com a decoração do ambiente.


Dependendo do modelo escolhido, a luminária de piso pode oferecer uma iluminação difusa, lembrando o abajur, ou direta.

Fonte: Acervo Inside



Plafons


O plafon é um tipo de luminária de teto, podendo ser embutido ou de sobrepor. Ele possui um foco de luz direcionado para cima, onde a luz rebate do teto e se espalha de maneira difusa pelo ambiente.


Sua principal característica é a versatilidade e pode ser usada em qualquer ambiente, desde salas, banheiros até áreas externas e garagens. Porém, é necessário cuidado, pois como a iluminação é difusa, outras fontes de luz são necessárias para complementá-la e garantir mais nitidez ao cômodo.

Fonte: Pinterest



Trilho para Spots


Por último, os spots são pequenos pontos de luz que direcionam a luz para pontos específicos ou gerais. Podem auxiliar tanto na iluminação chamada de técnica (de circulação, geral num ambiente), como em iluminação decorativa, dando ênfase em algum item específico do ambiente.


Um ponto positivo para esse tipo de luminária, é que você consegue colocar quantos spots preferir, sendo fixado tanto na laje quanto no forro de gesso.


Fonte: Acervo Inside



Matéria: Heitor Xavier - Inside Arquitetura & Design.

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page